Tag

pcs - B2HR - Pessoas & Estratégias

A Inegável Importância do Plano de Cargos e Salários: Uma Necessidade, Não um Luxo

By Cargos e Salários, IGPNo Comments

Em um mundo empresarial cada vez mais competitivo, onde a atração e retenção de talentos se tornam aspectos cruciais para o sucesso, um plano de cargos e salários bem estruturado surge não apenas como um diferencial, mas como uma necessidade urgente para empresas, principalmente as de pequeno e médio porte. É exatamente isso que você leu! Empresas de pequeno e médio porte!!

 

Mas por que, exatamente, esse plano é tão vital para empresas deste porte? Vamos explorar diversos aspectos agora no nosso texto para te mostrar o potencial impacto que essa ferramenta de gestão de pessoas tem no resultado das empresas.

 

O Que é um Plano de Cargos e Salários?

 

Antes de mergulharmos nos benefícios de um PCS, vamos definir o que estamos discutindo. Um plano de cargos e salários é uma ferramenta de gestão de pessoas que define e organiza as posições (cadeiras) de cada área/departamento/diretoria montando uma arquitetura de cargos dentro de uma empresa que possa conectar os resultados esperados por cada negócio. Ao final teremos uma hierarquia entre os cargos de toda a organização.

Além disso, um Plano de Cargos e Salários (PCS), também define a estratégia de remuneração da empresa ao comparar os salários interno e os salários de mercado para um posicionamento mais claro da sua organização. Este ponto é essencial e muitas vezes realizado de forma intuitiva e sem pensamento crítico. É neste ponto que um bom profissional de remuneração se destaca, pois consegue compreender o modelo de negócio da empresa e constrói uma tabela salarial diferenciada que permita carreiras interessantes de forma otimizada.

Vale citar que nem todas as empresas perceberam, mas o PCS é uma ferramenta de gestão de recursos humanos objetiva, que melhora o alinhamento entre colaboradores e gestores e traz ainda a equidade, transparência na remuneração, reforça a meritocracia e a cultura da sua empresa e isso tudo deve ser pensado na hora de construir as regras para o reconhecimento dos colaboradores.

 

Atrair e Reter Talentos: Uma Questão de Sobrevivência!

 

Desde os anos 90 esse tem sido o maior dos desafios das áreas de RH: atrair e reter talentos. E não somos nós da B2HR que estamos dizendo isso. Durante as últimas três décadas diversas pesquisas no setor de RH mostram a preocupação cada vez mais forte dos C-level em ter profissionais competentes dentro dos seus negócios.

A capacidade de atrair e reter talentos pode ser a linha entre o sucesso e o fracasso, principalmente para empresas de pequeno e médio porte que precisam ser convidativas para que as pessoas queiram trabalhar em seus ambientes. Com um plano de cargos e salários claro, sua empresa não apenas se posiciona como uma organização justa e transparente, mas também mostra que valoriza o desenvolvimento e o crescimento dos seus profissionais deixando as regras claras para todos. Isso é particularmente atraente para os melhores talentos, que buscam ambientes onde possam crescer e serem justamente recompensados.

Essas variáveis são relevantes na hora de fazer um processo seletivo em que na entrevista possam ser citados casos de sucesso de pessoas que realmente cresceram dentro da sua empresa, o tempo médio para promoção dos recém-contratados, os valores financeiros que a carreira pode atingir de forma aproximada. Tudo isso são pontos que irão fazer aquele candidato que você pretende ter o sim possa realmente ser seduzido para vir fazer parte do seu time.

Além disso, um plano de cargos bem desenhado, ajuda na retenção dos talentos que você possui também. Isso ocorre de forma direta e indireta.

De forma direta: o colaborador sabe as regras e critérios que tem para poder crescer na empresa, além de ver claramente se há mais cargos que pode almejar dentro dos seus conhecimentos

De forma indireta: se um colaborador do seu time recebe uma proposta de uma empresa que não possui um plano de cargos e salários bem definidos, esse pode ser um ponto que o faça refletir. Será que esse seu colaborador está indo com a perspectiva do curto prazo (aumento do salário para os próximos 12 ou 24 meses) ou será que ele não deveria continuar a carreira na sua empresa olhando para 24, 36, 48 meses e o crescimento que você pode permitir para ele. Esses e outros aspectos precisam ser construídos dentro de um PCS para a retenção dos talentos.

 

 

Redução de Disparidades e Aumento da Satisfação

 

Disparidades salariais podem criar um ambiente de trabalho tóxico, minando a moral da equipe, gerando perda de tempo com comunicações equivocadas entre os times e aumentando a rotatividade da equipe. Um plano de cargos e salários bem implementado garante que as compensações sejam justas e baseadas em critérios objetivos, o que reduz conflitos internos e aumenta a satisfação geral dos empregados eliminado ruídos nas comunicações e percepção de vieses para as promoções e aumentos por mérito.

Importante dizer que não precisamos ter a mesma remuneração para pessoas que estão no mesmo cargo. Aliás, escutamos isso com alguma frequência no nosso dia a dia e a própria CLT permite valorização por tempo de empresa e o desempenho profissional. Saber equilibrar esses elementos dentro de um PCS é fundamental para o reforço das mensagens que você pretende ter no negócio, evitando ter custos desnecessários realizando aumentos somente porque um colaborador completou mais 1 ano na sua empresa ou porque concluiu sua pós-graduação, mestrado ou doutorado por exemplo. Não faça esse tipo de movimentação se o seu negócio não for obrigado a ter esses tipos de requisito.

 

O Impacto na Cultura Organizacional

 

A implementação de um plano de cargos e salários não afeta apenas a estrutura organizacional e financeira da empresa, mas também a cultura organizacional. Ao demonstrar que a empresa se preocupa com a equidade e o reconhecimento das contribuições relevantes de cada colaborador, fortalece-se um sentimento de pertencimento e de lealdade à empresa. Isso é essencial, principalmente, para empresas de pequeno e médio porte que, muitas vezes, competem com grandes corporações no recrutamento de talentos.

E o melhor, quando você promove alguém ou da um aumento por mérito (no mesmo cargo), mostra para todos do seu time que tipo de resultados e comportamentos estão sendo desejados pelo C-level para ser valorizado dentro da organização. Por isso um PCS bem construído fortalece a cultura da empresa e deixa as mensagens fortes para o entendimento de qual perfil a empresa quer ali. Isso vai forçando as pessoas que não tem o DNA da empresa a refletirem se devem seguir naquele ambiente.

 

 

 

Legalidade e Conformidade: Evite Problemas Futuros!

 

Do ponto de vista legal, um plano de cargos e salários bem definido pode salvar sua empresa de litígios e passivos trabalhistas relacionados a disparidades salariais injustificadas, e isso se acentuou com a nova lei 14.611 criada pelo Governo Federal em 2023 (vale a pena você ler sobre o tema). No Brasil, a legislação trabalhista pode ser complexa e as penalidades por não cumprimento podem ser severas. Portanto, estar em conformidade não é apenas bom para a moral; é essencial para a saúde financeira e operacional da sua empresa.

Em geral no nossos projetos de plano de cargos e salário conduzimos ações junto ao departamento jurídico dos nossos clientes para que todas as definições sejam feitas de forma a garantir a legalidade do plano sem perder a parte técnica e o alinhamento com o modelo de negócio de cada cliente.

Neste aspecto, vale você conhecer empresas que possuam planos de cargos e salários implantados e pedir o ponto de vista do jurídico também para conhecer mais os receios que a legislação trabalhista impõe ao ambiente empresarial.

 

Carreira em Y, W ou linear

 

Outro aspecto que será de grande impacto para sua empresa é quando o plano de cargos estabelecer se você irá possui uma carreira em Y contendo especialistas no seu quadro de pessoal e em que área isso deve ocorrer, ou se sua empresa poderá atuar com a carreira em W onde são valorizados consultores e gestores de projetos para estruturas mais matriciais ou se realmente seu negócio pode ser feito apenas para ter uma carreira linear.

Esse tipo de desenho vai ajudar, e muito, a você compreender que tipo de profissional deve trazer para sua organização, que habilidades ele deve ter e até quanto você deve pagar para ter os profissionais mais seniores no seu time.

Esse é mais um ponto que vemos grande parte das empresas não tendo clareza e colocando especialistas onde não precisam ter somente para “valorizar” todos os colaboradores ou criando posições de gestão de forma desnecessária com a desculpa que é preciso gerenciar os projetos de todas as áreas, novamente imputando custos na olha de pagamento que podem não fazer sentido.

Ao mesmo tempo, quando essas carreiras técnicas não são construídas vemos o grande problema que diversos clientes tiveram antes de fazer projetos de remuneração conosco: colocaram como gestor de uma área o colaborador que era o melhor técnico e assim perderam o técnico e ganharam um péssimo líder.

Um bom plano de cargos deve responder claramente o tipo de carreira que sua empresa precisa ter e o motivo desta escolha!

 

Eficiência Operacional

 

Um bom plano de cargos e salário consegue melhorar a eficiência operacional da sua empresa de algumas formas:

  1. Estratégia de remuneração: Otimiza a utilização de recursos financeiros da sua organização por meio de dados de mercado e fazendo o posicionamento da sua empresa dentro do caixa disponível, buscando melhorar a atração e retenção de profissionais dentro da sua perspectiva financeira. É possível se pensar em tabelas salariais distintas de acordo com os recursos disponíveis e com o objetivo de cada empresa. Tudo isso deve ser bem pensando na hora de estruturar um PCS relevante para sua empresa.
  2. Redução de passivo trabalhista: Clareza nas descrições de cargos com entregas objetivas faz com que os gestores da sua empresa evitem alocar pessoas em posições / cargos diferentes do que o PCS sugere e com isso reduz o potencial de riscos trabalhistas.
  3. Otimização da arquitetura de cargos: com uma arquitetura de cargos eficiente você não vai gastar dinheiro onde não é necessário com cargos desconexos entre o PCS e a sua estratégia de negócio e também vai evitar criar cargos que não estejam alinhados aos seus objetivos empresariais. Isso pode parecer óbvio, mas acredite, boa parte das empresas não tem a estrutura de cargos adequada para o que pretendem os CEOs e os sócios.

 

Conclusão: Não Deixe Para Depois!

 

A implementação de um plano de cargos e salários é uma estratégia que traz inúmeros benefícios para as empresas, desde melhorar a eficiência operacional até fortalecer a imagem corporativa do seu negócio. Se ainda não está convencido da importância deste plano para sua empresa, pense no seguinte: em um mercado que se valoriza cada vez mais os talentos e essas pessoas pedem cada vez mais transparência e a equidade dados seus valores pessoais, será que a sua empresa pode se dar ao luxo de ignorar essa tendência para ter realmente quem irá resolver seus problemas e falar com seus clientes?

 

Para saber mais sobre como um plano de cargos e salários pode transformar sua empresa baixe o nosso ebook sobre os 10 benefícios de um PCS e conheça o nosso treinamento online “O jogo da remuneração”.

 

 

B2HR © 2020. Todos os direitos reservados.

B2HR © 2020. Todos os direitos reservados.
B2HR © 2020. Todos os direitos reservados.